Bernardo Puhler – O Alumbramento de um Guará Negro numa Noite Escura (2014)

Bernardo PulherComo diría Fernandito cuando más chico: “las cosas son las cosas”. Detrás de esta inocente declaración se esconde una verdad muy profunda e indesmentible. Las cosas, las personas, y en este caso las música, hablan por sí mismas y sin necesidad de intermediarios e interpretaciones rebuscadas. Un disco sencillo, sin pretensiones, y que rememora el espíritu mineiro en su esencia. Un buen refresh a la música brasilera.

Escrever ou lidar com qualquer coisa relacionada à música pode abrir tantas portas…

E uma dessas doces surpresas chegou por e-mail, enviada direta de um lobo-guará. A introdução cheia de cordas e ventos do disco “O Alumbramento de um Guará Negro numa Noite Escura” antecede o tradicional timbre mineiro.

Bernardo Puhler e seu leve vibrato são calçados ainda por uma flauta transversal, logo de cara. Não busque complexidade, busque canções que remetem ao mistério e à reflexão. Tenha coragem de “sonhar profundo” e deixe o falsete te levar.

Lançado em 2014, o álbum foi inspirado na descoberta de um lobo Guará preto no norte de Minas Gerais – uma lenda confirmada. “Tudo pode acontecer”. Sempre há esperança para antigos desafios, sofridos amores.

1560397_622240811202765_5126402245029315324_n“Secundária” – apesar de ser a terceira do disco – tornou-se minha preferida. Mas ela é apenas uma das canções que terminam sem que a gente queira. São, 2, 3 e até 6 minutos que passam tão rapidamente. Mas daí veio “Aracy”, com o som de noite no mato ao fundo. Eu estive no sertão, tenho certeza. Por um momento, pude ver aquela mulher de seios pequenos sentada à rede, olhando um céu tão cheio que a luz entra na casa cercada grama. Pensando, amando.

Bernardo Puhler é o autor do trabalho, que traz à tona a música mineira em sua essência. Melodias e letras reforçam o regionalismo somado a novos elementos. São 12 compostas pelo cantor e instrumentista, que executa violão, viola caipira, piano, flauta, baixo, percussões e programações.

Marcam presença ainda os músicos Alexandre Andrés, Frederico Heliodoro, Rodrigo Lana e Yuri Vellasco. Na supervisão da mixagem e masterização, estão César Santos, Arthur Damásio e Kiko Klaus. (fuente: http://www.rockinpress.com.br/)

Puedes bajar el disco desde la web del artista http://www.bernardopuhler.com.br/ (wena!!) o escuchar en Deezer.

  1. No trackbacks yet.

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

A %d blogueros les gusta esto: